Notícia
Data: 23/11/2021

Sonho que se sonha junto é... realidade!


Por: Anbeas
Teresina-PI

Foi o que experimentaram os participantes da XXIV Jornada da Juventude Saviniana, evento evangelizador que acontece anualmente há mais de duas décadas, promovido pelas Irmãs dos Pobres de Santa Catarina de Sena, nos dias 12, 13 e 14 de novembro.

 

De fato, a 24ª edição da Jornada foi realizada num clima sereno e acolhedor, como nos demais anos, mas desta vez o Memorare, em Teresina-PI, foi contagiado por uma atmosfera mágica e envolvente, que levou os jovens a reavivarem seus sonhos e, sobretudo, a perseguirem os sonhos de Deus.

 

XXVI-JJS

 

Em virtude da pandemia, em mais este ano a Jornada aconteceu nas modalidades virtual e presencial. Em Teresina, estiveram reunidos os jovens de Nazária, de Valença, de Guaraciaba do Norte, do Dirceu, do Colégio Sagrado Coração de Jesus, da Escola Irmã Maria Catarina Levrini, do Raios de Luz e do Emaús. Os jovens das demais localidades se reuniram nas unidades com as Irmãs, de modo que o Colégio Santa Catarina de Sena, o Colégio Nossa Senhora do Ó, o Colégio Nossa Senhora das Graças, a Escola Santa Teresinha e o Equador se tornaram uma extensão do Memorare, um grande centro da juventude.

 

XXVI-JJS

 

A noite da sexta-feira teve início com a acolhida calorosa e criativa dos participantes da Jornada pelos concluintes do 9° ano da Escola Irmã Maria Catarina Levrini, que apresentaram de maneira artística o lema ‘Sonhar alto! Por quê não?!’, trazendo o exemplo de pessoas que ao invés de reproduzirem o comum, o decorado, tiveram a coragem de desbravar novos horizontes, de serem ousados em sua vida terrena e em sua relação com o céu. Em seguida, com suas inspiradoras palavras, que levaram a uma reflexão sobre como os sonhos podem ajudar a vencer a crise pós-pandemia em que os jovens e toda a humanidade estão inseridos, Irmã Amparo Machado declarou aberta a XXIV Jornada da Juventude Saviniana, sob as bênçãos de Deus e o patrocínio de São José, além, é claro de nossa cara fundadora a Beata Madre Savina.

 

XXVI-JJS

 

As oficinas foram uma provocação aos jovens a buscar os grandes sonhos, que pensem não apenas na autorrealização e na da própria família, mas no Nós, na humanidade, no planeta. Ao todo, foram oito oficinas a impulsionar os sonhos de fraternidade, de mudança, de paz, de felicidade, de santidade, de realização, de liberdade e de Deus, onde os participantes puderam resgatar seus sonhos de criança, pensar em seus sonhos atuais e especialmente nos sonhos de Deus para cada um.

 

XXVI-JJS

 

A Vigília de Oração iniciou com o acolhimento da cruz e da imagem de São José, entronizadas pelos jovens. A seguir, houve a entrada de Jesus no Santíssimo Sacramento e com o sonho de São José, a Juventude Saviniana foi convidada a compreender que na realização dos sonhos de Deus haverá tempestades e caminhos difíceis, mas o que Deus prometeu se cumprirá se de nossa parte houver paciência e perseverança.

 

XXVI-JJS

 

A manhã do sábado foi marcada pela oração da manhã com as Postulantes, motivando os jovens a reacenderam seus sonhos, que por tantos motivos foram apagados, roubados ou destruídos. E depois pela profunda e marcante conferência do Padre Antônio Cruz, que apresentou São José como exemplo de homem capaz de sonhar. E à tarde foi a vez do envolvente Cinefórum, sobre o filme Sonhos no gelo. Os jovens tiveram a protagonista como inspiração para sonhar os seus próprios sonhos e não desistir deles.

 

XXVI-JJS

 

O empolgante Festival da Juventude Saviniana teve lugar no Efatá, onde cada delegação apresentou os sonhos dos jovens de hoje, ao tempo em que a Savibanda, com toda a sua animação, por meio da música, levou-os a experimentar da alegria que vem de Deus.

 

XXVI-JJS

 

No domingo, o Memorare amanheceu com o derramar de bênçãos e graças com a longa chuva que caiu, sinal de fecundidade para a colheita de belos frutos de conversão entre os jovens. A motivação matutina conduzida pela Irmã Amparo foi de libertação, na medida em que os jovens reconheceram suas dores e alegrias e as identificaram com as de São José, buscando vivê-las como permissão do Deus de amor. E receberam o cordão de São José, símbolo de proteção, de vida casta, de perseverança e de pedido de uma boa morte, que foi abençoado pelo Reverendíssimo Padre Francisco.

 

XXVI-JJS

 

Na Missa conclusiva, altar do Santo e único sacrifício de Cristo pela humanidade redimida, sob a presidência do Padre Antônio Cruz, os jovens concretizaram por meio do Pão da Palavra e do Pão da Eucaristia que, os grandes sonhos precisam de Deus para não se tornarem miragens e que não basta só querer, mas tem que querer mais do que tudo na vida e não ficar somente na empolgação, mas estabelecer estratégias concretas fundamentadas no foco, nas atitudes e na perseverança  para chegar-se, finalmente, aos resultados. Ademais, muitos foram os jovens que se sentiram chamados a uma entrega de vida mais radical ao Senhor.

 

XXVI-JJS

 

Nesse sentido, os três dias foram vivenciados em plenitude, de maneira que cada jovem participante retornou para sua casa com a certeza de que os sonhos nos despertam, nos levam além, são as estrelas luminosas, aquelas que indicam um caminho diferente para a humanidade e, com a tão pertinente frase ecoando em seus corações e mentes: Sonhar alto! Por quê não?!.

 

XXVI-JJS

 


Informações
Responsive image
Vídeos
Facebook